Notas Musicais

Revelarei: pode não parecer, mas eu gosto de muito tipo de música.
Eu não sei, mas acho que quando os outros me olham, devem pensar que eu me limito a ouvir só um tipo de som: emo. Como eu odeio isso. E mais uma vez, somos julgados pelas roupas (olha que só uso all star. nem adoto mais a franja e muito menos ando todo coloridinha por aí). É isso.
Mas pelo contrário, dentro de mim, tenho um pouco de cada coisa.
Eu sempre falo que, quando quero ''espantar os demônios'', ouço rock pauleira mesmo, daqueles que gritam até nos deixar surdos. Isso não é emo.
Quando tenho a crise do brega, eu escuto aqueles sertanejos bem lementosos, tipo Zezé Di Camargo e Luciano, Eduardo Costa e tal. Isso não é emo.
Às vezes tenho vontade involuntária de escutar MPB e Samba. Eu gosto. Muito até. Inclusive tenho um ''dueto'' com meu pai. É uma do Jorge Aragão, que faz umas letras e melodias de mestre. Isso não é emo.
Na maioria das vezes, quando estou no clima ''família'', ouço coisas do tipo Victor e Léo, Fernando e Sorocaba, Zé Henrique e Gabriel(que inclusive cantam MUITO bem), Cezar Menotti e Fabiano. Isso não é emo.
Nas festas dos amigos dos meus pais, de trinta, quarenta anos, eu danço forró. É ridículo(danço mal pra caramba), mas eu danço e canto, inclusive. Isso não é emo.
Mas talvez agora vem a ''pior'' parte pra você ver a minha realidade. Quando estou sozinha em casa, coloco o DVD da Banda Calypso e danço ''Cavalo Manco''. É ainda mais ridículo do que o forró. Isso não é emo.
Mas há uma coisa que eu realmente não suporto: Funk. Sim, realmente não é a minha praia. Pra não dizer que eu não curto, gosto e sei as coreografias dos funks bem antigos, tipo Eguinha pocotó, Elas tão descontroladas, Bonde do tigrão, Vai Lacraia e Dança da Motinha. Esse é o meu funk. Créu e Gaiola Das Popozudas é o fim pra mim. Isso não é emo.

Bem, eu fiz todo esse discurso pra mostrar que realmente eu não sou o que você pensa que eu sou. É estranho me imaginar descendo até o chão com a Lacraia, mas essa é a verdade.
Não preciso ser exclusivamente ''DO ROCK''. Prefiro dizer que sou ''DA MÚSICA''.

E só pra terminar: escute o que quiser e se vista como quiser. A música é totalmente diferente da roupa. Pra escutar rock, eu não preciso me vestir de preto todo dia e falar que satã é o cara!
A graça da música é juntar e formar tribos e fazer parcerias inesperadas.

Sou inexplicávelmente eclética.

Eclética= uma palavra muito, muito estranha. O.O

Bgs :)

E a história continua...

Caraca, eu pensei que tudo aquilo tinha acabado, mas vamos, então:

que birosca, eu já não disse que precisava dizer tudo aquilo, por causa de um ataque sincero de sinceridade?

bem, não sei porque, mas eu pedi desculpa. pensei que tudo estivesse certo.(tá, eu sei que depois disso a amizade nunca seria como antes... ou seria? ah! sei lá)

mas o ser humano cujo dito leu a birosca anterior a essa. e... ferrou!
mais uma vez, uma simples frase ''cagou'' tudo. Dessa vez foi a parte: ''se é que aquilo era amizade''.

e mais uma vez, de novo, eu digo: ''foi tudo um ataque real de sinceridade''.

VOCÊS SABEM QUE EU TENHO PROBLEMAS MENTAIS, NÃO SABEM?

bem, como eu sei que de nada vai adiantar eu falar, explicar, me desculpar, cagar e mijar, vou encerrar tudo: EU DESISTO! yeaaaaah

como diz o meu amigo Mih: ''When we need, FRIEND is an simple and useless word''.

today, that's it.

e a vida continua...

♪ Playing God - Paramore

Veredito

como eu previa, fui a errada.apenas por dizer: eu conheço o seu jeitinho de vítima; acho que piorei a situação (se é que tinha alguma coisa ruim).

na cabeça dela, eu estava estranha, ignorante.na minha mente, havia uma felicidade grande demais na vida dela. algo não estava bem.

vamos lá: de um dia pro outro eu fiquei estranha. tem certeza? olha pro seu nariz, por favor.

depois de dias de incertezas, depois de ter a certeza de que vai embora, depois de começar as férias, ela vem me cobrar.

vem me perguntar o porque que eu to estranha (é, realmente, ela não olhou pro nariz).
respondo com a maior sinceridade do mundo. eu, em mais um ataque sincero, disse tudo que estava entalado, tudo o que eu precisava dizer, de verdade.

eu disse que ela estava estranha, depois de muitas coisas que aconteceram (não vem ao caso agora), e que, agora, qualquer coisa que eu dissesse a ela, iria atingi-lá. mas ela sabe mais do que ninguém que eu não consigo guardar as coisas, e falo mesmo. só que durante muito tempo, eu só escutei e nunca disse nada. mas eu cresci, menina. e agora consigo dizer o que penso.

só que eu acho que ela não percebeu essa tal mudança minha (há algum tempo atrás, eu disse no fotolog que mudanças podem atingir alguém. parecia que estava prevendo algo MEDO). não disse nada, apenas respondia verdadeiramente o que me vinha ela perguntar. FUI ERRADA

é por isso que quando eu falo, eu sou errada, eu tenho culpa. como sempre, eu digo gente: é melhor calar a boca.

tudo o que eu falava agora não fazia a menor importância pra ela, que ficava indiferente.

O QUE ACONTECEU?
apenas me rendi à indiferença dela.

Visões finais:
  • Não, o sentimento não acabou.
  • Espero um ''fim final'' mesmo. Ou talvez este seja o fim HA
  • Não me arrependo de nada que falei hoje
  • E também de nada que falei durante todos esses longos três anos de ''amizade''. (se é que aquilo era amizade)
  • Pode me condenar à vontade. Pode dizer que eu errei, que sou ignorante, que só olho pra mim. Mas a verdade é essa e pronto.
  • Não há o que discutir: simples atos podem mudar muita coisa.
  • Veredito tem também um sentido literal: Ver e dizer. Foi o que eu fiz, foi o que aconteceu.

Beijos pra vocês.

And I still love all yours.

Sonhos

Os sonhos são, maioria das vezes, tudo aquilo que é impossível, ou que está muito longe das nossas possibilidades. Eu diria que os sonhos são mais do que isso. Sonhar é como compensar tudo o que não temos na vida. Seria como realizar o que ainda não foi feito.
Mas, algumas vezes, a realização do sonho pode estar mais perto do que imaginamos. Tão perto, que acabam se tornando pesadelos reais.
Sonhar... sonhar... sonhar. Vamos sonhar porque é grátis. Vamos sonhar para sermos felizes! Vamos sonhar para desejar coisas estranhas, para querer o não poder, para ser o desejo do outro.
Há sonhos tão complexos, que parecem alucinógenos. Mas também temos sonhos tão simples e sublimes, que parecem um conto de fadas... ou um ''conto de farsas''.
è... não é fácil sonhar!
Eu sou muito sonhadora. E são estes sonhos que saciam a minha vontade de ser, ter e querer. Querer a mim, ao outro, a todos e a tudo.
E é por isso que eu digo:
"Siga seus sonhos e seu coração, pois o segredo da felicidade está aí. Seguir e fazer o que vem de dentro de ti".

http://twitter.com/beeshopana

Tudo Nosso!

Olá pessoas.

Mudei a birosquinha de cima(não sei o nome disto) deste Blog.

Agora é uma imagem mais bonitinha HAHA tipo o Fotolog GOLD.

Foi só pra falar isso.
É porque tem muita gente que nem percebe isso.

bgsbgspravcs*

SEJA FELIZ

http://fotolog.com.br/beeshopana
http://twitter.com/beeshopana
http://violentsviolets.blogspot.com

Edição comemorativa

Desde o princípio, nós, meros seres humanos, fazemos escolhas. Na maioria das vezes, as erradas nos instigam. É certo que não podemos prever os acontecimentos, mas seria mais fácil se os caminhos difíceis nos levassem a um destino certo.Isso é possível? Acho que não.O jeito é batalhar muito para chegar no topo, no cume dessa montanha tão íngreme e escorregadia que se chama VIDA.Na maioria das vezes, nós temos um pedestal, um tripé que nos ergue de vez em quando. Mas chega uma hora que este apoio quebra, pois ele é muito frágil.Ele sempre nos ajuda nas horas ruins. Ah!! Como que queria ter um pedestal pra sempre! Por enquanto, me sustento em dois pedestais. Eles têm uma capacidade enorme de amar.Além deles, tem uma coisa muito importante, parece ser simples, mas faz um bem danado.Música. . . conhece?Não importa de que gênero seja, de que banda, sendo música, tá valendo.É claro que há um amor muito especial por uns caras aí, e nem sei se dá pra explicar #TENTAREIGloria, Fresno, Hevo. Ahh como eu queria que os meus sonhos se tornassem reais e eu tivesse eles ao meu lado aqui, agora. Mas, como já diz a palavra, são apenas sonhos.São esses tais sonhos que me movem, sabe? Eles são mais um daqueles pedestais. É como se o mundo parasse ao vê-los ou ouvi-los. Sentir uma sensação a cada momento, a cada verso. Isso tudo é explêndido.Há também uma coisa muito, mas muito importante chamada FAMÍLIA. Mais um pedestal pra mim. Confesso que nenhuma é perfeita, nem a minha, mas nós tentamos levar tudo na maior seriedade. E por último, mas não menos importante, estão os amigos. São essas pessoas que fazem a maior parte dos nossos dias serem felizes, não é verdade?Como sempre, há controvérsias, mas é como a brisa, vai e volta, e quase ninguém percebe.Com eles, vivemos momentos inesquecíveis: engraçados, tristes, surpreendentes. Assim são os amigos, como uma caixinha de surpresas. + 1 ponto para a minha lista de pedestais.Mas depois de tudo isso, o que acontece comigo?Comigo, fica a evolução, a vontade de ser mais, de querer mais. Eu passo a viver melhor, a conviver melhor com estes meus pedestais.Pedestais que mesmo com a maior das tragédias, vão estar de pé, me segurando em quaisquer situações.E foi a evolução que fez de mim quem sou hoje. Neste dia, 05 de Outubro de 2009. Não importa o que eu serei amanhã, mas valeu o que fui até agora. Evolui o melhor possível. Tentei de tudo (ou quase tudo), mas estou aqui, firme e forte.E quando a minha hora chegar, tenha certeza que eu olharei pra trás e verei todos estes meus pedestais lá, me segurando pela última vez.Pra mim, tanto faz viver o hoje ou esperar o amanhã. Estando AQUI já está bom demais. ''Fazemos tantas escolhas, que muitas vezes nem pensamos nas consequencias. E ainda dizem que o ser humano é racional.'' reflectionsmoments*

[texto da foto #100 do meu fotolog.]
http://fotolog.com.br/beeshopana

Continuando

Oi

como vocês devem saber, eu estava feliz.
mas como tudo muda. . .
. . . eu estou explodindo de felicidade.
sabe, nem sei porque,
quer dizer, mais ou menos.
semana que vem vai ter show do Hevo,
e eu vou matar as saudades do Feer,
mas isso já é outra história.
Além de tudo isso, há outras coisas que vêm me fazendo feliz nos últimos tempos.
Nada anormal, tudo continua a mesma coisa.
A escola ainda é aquela birosca.
As pessoas ao meu redor não mudaram.
Não fui chamada pra cantar no exterior
e ainda não fiz dezoito anos (faltam três e meio). HAHA

Eu ouvi dizer há uns tempos atrás que se deve levar tudo no otimismo. E talvez eu não andava fazendo isso: tudo era uma birosca. Resolvi tentar, e até agora está dando certo HOHO
As coisas parece que estão mudando de rumo.
Meu humor continua no pólo sim, pólo não.
Mas isso acho que nunca vai mudar.
Sabe quando você sente uma sensação boa?
Deve ser isso que eu estou sentindo agora.
Espero que dure, mas isso só depende de mim HAHA

Vou ficando por aqui.
Estou bolando umas coisas pro Luvas De Aço. Em breve, vêm o lançamento oficial.
por enquanto, fiquem com o Violents Violets, que é um resumo da minha longa jornada contra a tal da obesidade.

Beijocas e até mais. [/*noooooooossacomoeutofofiinha O.O

Vamos morrer juntos?

Bem, a felicidade continua, mas como todo ser humano que se preze tem seus momentos de oscilação, hoje eu tive o meu. Seguinte:a escola tava uma birosca. não foi ninguém interessante e só levei patada, além de ter que aturar ''Garota Radical'' por milésimas vezes.Durante essa birosca de dia, me vieram muitas, mas muitas lembranças mesmo, ou seja, momento nostalgia na certa.Por todo esse tempo, eu fiquei lá brizadona e pá pensando nas coisas mano. sei lá. foi estranho.E acho que vocês sabem que quando eu penso em passado, eu penso em Fresno. e se vêm Fresno, obviamente vem Rodrigo da Fonseca Tavares, o dono do sorriso mais feio deste mero mundo.Mas como o passado não me importa, eu vivo o presente. e que presente!!!!!!!!!molhei meu pé bagarai com essa birosca de chuva :x

mas hoje, nada me deixou tão abismada quanto a conversa no msn com a talita(obviamente com ela, pq é só com ela que eu converso mesmo HAHA).bem, como a gente vive pensando, incrivelmente tivemos mais uma vez um pequeno deja vu. e que incrivelmente tbm foi com uma música de adivinha quem? HEVO84 pra variar.Há alguns meses atrás, isso já tinha acontecido, mas a gente tava perto uma da outra. mas dessa vez foi diferente. nós estávamos longe e pensamos na mesma coisa ao ouvir a mesma música e tivemos a mesma sensação. cara, sinceramente, : isso foi bom, foi muito bom. eu realmente percebi que aquela COISA é minha irmã mesmo. não tem como eu negar.

daí você me pergunta: o que o Tavares tem a ver com isso?Bem, o Tavs é o meu ídolo maior sabe, e vendo o apaixonante ''O Outro Lado Da Porta'', dá pra perceber a emoção que ele passa cantando. Além disso, as letras dele são tudo pra mim, até as merdas que ele escreve no twitter são gringas. então, o Tavares me passa uma certa segurança. Ele me abre os olhos. Ele me abre a mente. Ele me abre o coração.

E é daí que vem a grande pergunta no ar: vamos morrer juntos?
será que vamos morrer junto com as nossas lembranças?
será que vamos morrer juntos com os nossos amigos?
será que vamos morrer juntos com os nossos ídolos?

a resposta para tantas questões eu não sei. eu só sei que esse tal de ''Momento Nostalgia'' é bom bagarai.

bgsmil*

*bem, eu não ia colocar isso aqui, mas achei tão emocionante que resolvi pôr. se você quiser entender porque que eu falei do Tavares, passa lá no Fotolog:
http://fotolog.com.br/beeshopana
http://twitter.com/beeshopana

Felicidade

e a felicidade toma conta.
percebe-se HAHA

bem, eu to muito feliz e não canso de dizer isso pra quem quiser ouvir [e pra quem não quiser tbm].
não há razões específicas pra essa felicidade toda [/*isso é real, se tivesse eu ia falar HAHA
é só alegria meeeeesmo.
eu to feliz
apesar de muitas surpresas pouco agradáveis, eu to feliz.
mas tem boas notícias.
agora, nesse instante, escutando Northern Downpour, pra relaxar um pouco HOHO

tantos sorrisos. . .

eu só passava aqui pra desabafar nas horas ruins, mas eu to tão bem, que tinha que escrever pra alguém, então eu to conversando com você, meu blog [lelesk enloqueceu]

bom, acho que é só isso, se algo acontecer de muito bom, eu volto aqui.

bgsmil peoples *

http://fotolog.com.br/beeshopana
http://twitter.com/beeshopana
^ ^ atualizações diárias

Caramba!

como eu previa, esse ano foi uma birosca.
ele ainda não acabou, mas nada de bom aconteceu.
sabe, ninguém é obrigado a gostar de mim
pode me odiar a vontade HAHA
eu não tenho motivos pra reclamar
mas na situação, é bom expor meus argumentos,
pra depois não falarem birosca de mim.
sim, eu sou muito chata!
e além de tudo,
suspeito que tenho transtorno bipolar.
OMG, nem sei porque estou falando isso.
Seguinte: eu só passo aqui no blog pra
desabafar, meesmo!
no RECOMEÇO foi um bom
e no DÊ MUITA IMPORTÂNCIA foi um alerta.
alerta que eu to dando pra mim mesmo.
tanta expectativa pra um dia tão chinfrin
Caramba! preciso parar de crer nos outros
e crer mais em mim.
eu poderia colocar o nome desse post de ''O Desabafo'',
é mais sugestivo.
mas não, prefiro o Caramba!
me abre melhor os olhos.
fazer parte de um gênero específico?
não, eu não sirvo pra isso.
não sou ninguém
apenas sou eu
Ana Carolina Silva
a ser humano que só quis se entender.
quem sabe um dia. . .

Dê muita importância

acabou a esperança véi.
''quando eu menos esperei
nada mais eu encontrei''.
ISSO É REAL
*sabe,
''o fim é a única certeza que resta pra mim''.
olhem, eu não estou brizada ou coisa assim,
apenas estou refletindo um pouco.
oooshit* vamos aproveitar essa birosca de vida
okaay?
tudo vai mudar , sempre,
todos nós vamos nos encontrar com o supremo,
UM DIA.
mas até lá, ainda temos grandes chances
de sermos pessoas melhores,
ou piores.
então,
carpe diem
seize the day
aproveite o dia
ou qualquer merda dessas.
seja feliz por eles, e por você também.
vamos parar de questionar
e apenas viver.
não seremos eternos
mas poderemos ser eternizados. É SÓ QUERER *.*

ainda me lembro daquela última lágrima que tu derramaste. ainda sinto o teu cheiro aqui. ainda lembro de ti como se fosse ontem. o ontem que foi a tua última esperança para estar aqui. o ontem que te tirou de mim como se tu não significasse nada. o ontem que te levou pra sempre. e sempre.

acho deu pra entender a mensagem. essa semana passei por tanta coisa, tive tanto sustos, que agora, cada beijo, cada abraço e cada palavra são a minha alegria de poder estar aqui mais um dia e saber que existem pessoas que ainda me aturam [/* OMG, isso é estranho

então, aproveitem ao máximo cada segundo, pois eles não voltarão e será a tua última chance de tentar dizer e fazer o que se quer.

O RECOMEÇO

sabe, como não podia deixar de ser, vou falar da Fresno. a Fresno que de uns tempos pra cá ve me fazendo cada surpresa. são momentos que ''eu tive com eles''. são momentos únicos cara. nada de contato físico ou coisa assim, mas momentos meus em que eles estavam presentes. seja no pensamento, seja numa música tocando no rádio, seja num show, de qualquer jeito. eu paguei minha língua, e até hoje eu falo isso pra quem quiser ouvir. quando eu vi aqueles quatro na televisão gemendo que nem umas gazelas em ''Quebre As Correntes'' eu morri de tédio. troquei de canal e quando aquilo tocava já me dava nos nervos. eu não tinha a cabeça que tenho hoje. pra mim era Deus no céu e Sandy e Junior na terra. mas até que a dupla acabou e veio a decepção.

eu nunca me esqueço do dia em que estava parada no trânsito dentro do carro e começou a tocar ''Polo'' na rádio. eu gostei pra caramba da letra da música, que se encaixou exatamente no meu momento: a decepção musical, umas lorotas na família, e a minha vontade insaciável de fazer música [sim, eu até fiz uma letra]. comecei a gostar da Fresno ;) na escola, o hit do momento era ''Polo'', então o que me restou foi. . . cantar!!!

virei fã mesmo. fã de verdade. nem sei se o nível de fanatismo pode ser medido [pode crer que tem gente que pensa que ser fã é saber o nome de todas as músicas em ordem alfabética, e inclusive saber o nome da mãe, do pai, do cachorro, as roupas do armário, a marca do carro. . . saber tudo do artista. tudo mesmo], mas pra mim, é muito gratificante fazer parte do crescimento da Fresno. eu acabei de comprar ''O Outro Lado Da Porta'', paguei trinta mango, e pago de novo se for necessário. é uma coisa séria que os caras fazem, não é brincadeira. às vezes as pessoas falam que nós, fãs, somos malucos de pagar trinta, cinquenta reais num disco que tu pode ir ali na feira e comprar por três reais, mas eu prefiro comprar o original e ter uma coisa que é pra sempre, do que comprar uma merda que dura três semanas. o povo diz que nós somos idiotas de ficar espremidos no show, de fazer coisas simples pelos caras e que eles nem sabem que nós existimos. mentira!! se eles não soubessem, como teriam milhares de fãs nos bailes? como o ''Redenção'' seria disco de ouro? como eles venderiam tanto? como eles teriam música em trilha sonora de novela? me diz? como? as pessoas tem que aprendar a lidar com as diferenças, mesmo que elas sejam absurdas.

sabe, eu gosto da música deles velho. não importa o quando falem, especulem ou coisa parecida. acho que a cada dia eu sou mais fã. e tem muito preconceito envolvido nessas coisas. tu vê uns carinhas com cara de drogado, calça apertada, cabelo estilo ''acabei de acordar'', tênis descolado. na tua cabeça, é emo. mas sabe, como os próprios fresnies dizem, se hoje a música não fala de política, maconha e putaria, é emo. não é bem assim. tu tem que se expressar do jeito que tu acha conveniente. falar de amor não faz mal a ninguém e só engrandece o homem.

não tenho vergonha de falar: sou fã da Fresno, gosto da fresno, e amo o Tavares [mesmo que todo mundo diga que ele é estranho e de outro mundo]. sabe, daqui a alguns anos a Fresno pode estar no fundo do poço, vendendo cinco discos, mas pode ter certeza: eu vou estar lá. mesmo que me ''prendam'', que me joguem na cara os erros e que tentem algo contra mim. eu estarei com eles. essa coisa louca não é mania adolescente, não é ''modinha'', e também não é nada extraordinário. é só um tal de um sentimento chamado AMOR. o amor que me move e que me fortalece.

velho, quando tu olha pra trás e vê que tudo o tu fez valeu a pena, dá uma sensação enorme de alívio. o alívio de não ter caído tanto num buraco que estava prestes a te engolir. tu começa a acreditar em si mesmo. tu vê que conseguiu ultrapassar todos os obstáculos que colocaram na tua frente. tu pensa -caramba! eu venci- . aí que começa a cair tua ficha. tu vê aquele monte de gente te venerando, gritando pra ti, te amando de verdade. é a melhor sensação do mundo. quando tu cresce na vida é sempre uma vitória. mas quando você ''vira gente'' fazendo o que gosta, é uma realização impagável.

primeiro, tu tem que viver a música, pra depois pensar em viver da música. e a Fresno está no MEU momento de viver a música. bem, vou terminar por aqui. pode ser que ninguém leia isso, mas pra mim, é a coisa mais verdadeira que eu já escrevi. esse depoimento é o recomeço do meu blog. e acho que não poderia começar de outra maneira. falei de amor, como manda o mestre e me expressei da melhor forma possível.

agradeço a todos que estiveram comigo nessa pequena grande jornada minha na net. Jee, Riari, Talita, Jubileu. . .vocês me ajudaram pra caramba. eu não vou deixar tudo o que eu postei anteriormente, mas se alguém quiser, eu posto algumas coisinhas em off. e como diz a Jee, pra reconstruir, tem que desconstruir.

amovoces♥
bgsmil*

http://fotolog.com.br/beeshopana
http://twitter.com/beeshopana