Como podes comprar o céu?

Se os homens cospem no chão, cospem sobre eles próprios. Pois tudo o que se vai, volta com mais intensidade.
De que nos importa o lugar onde vamos passar o resto de nossos dias? Somos só mais alguns para acrescentar nesta história, e poucos de nossos atos são importantes. O que realmente vai ser lembrado não fez de mim ou de você uma pessoa melhor, pelo contrário, só nos tornou vítimas de uma verdade desencontrada nas entrelinhas de escritos supostamente revolucionários. A nossa sobrevida está nas mãos daqueles que menos se importam, afinal, o que é um rio, um pássaro ou uma floresta? De que vai mudar a minha vida se eu deixar padecer uma chama de esperança?
Continuem a macular o vosso leito e irão sufocar nos vossos desperdícios. É isso o que os sábios dizem, e é essa a verdade.
Pense bem em quantos discursos já ouviste, daqueles em que dizem que a mudança é a mãe de tudo, onde a evolução vêm antes de qualquer outro princípio. Agora repare que desde então, tu vive a procurar pelas ruas um indício de que o que ouviu fosse verdade. É um tanto quanto patético perceber que a cada dia somos levados por meras promessas.
Mas por que chorar o fim de todos? O mundo é feito de homens, e estes vêm e vão como as ondas do mar.
Desperdiçamos todas as chances para nos encontrar. Estamos perdidos e solitários.
O princípio de evolução agora se reflete num sistema tolo, egoísta, onde todos fecham os olhos para não perceber que a verdade se foi, e não há mais volta.
O homem branco não sente o ar que respira. Como um moribundo em longa agonia, ele é insensível ao ar fétido. Mas se renunciarmos a nossa terra, terás que lembrar que o ar é precioso para nós. Que foi ele quem concebeu o primeiro suspiro, e é ele que também o fará sentir seu último sopro de vida.
Diante dos caixões, todos implorarão por redenção, pela remissão dos pecados. Todos orarão e suplicarão a Deus uma esperança para permanecer aqui. Nesse instante se abrirá uma luz, ou melhor, se fechará a luz. A escuridão irá pairar pelas ruas, ninguém verá nada, mas ainda assim estarão vivos. Estarão vivos para pensar, repensar e quiçá se arrepender. Só que será tarde demais, e então observaremos o mundo passar diante das estrelas. No momento em que o segundo crucial passar, estaremos todos atormentados pelos gritos de dor e pelas lágrimas de lamentação, assim esperando pela salvação e pelo triunfo eterno.
E novamente será tarde demais. Não haverá mais Deus, ele nos abandonara há tempos, e então não teremos descanso até o fim.
Encare o seu destino, pois ele é incerto, assim como sua vida. Assim como a minha vida.
Nesses dias, estaremos todos acabados, assistindo as almas se libertarem de suas matérias e explodindo, assim como fará também a terra.
Repito: Deus abandonou esse mundo. Não houve paz e também nunca haverá. apenas estamos aqui esperando o amor ultrapassar a mente, a ponto de virar um corpo só.
Não é profecia, é apenas a nossa verdade. Não confundamos a sua fé com a minha fé. Não ultrapasses a tua barreira, pois assim estará seguro.
Finalmente, a evolução chegará ao fim. Não haverá mais para onde ir, afinal, não haverá mais ninguém aqui. Assim como os canibais matam os seus semelhantes para sobreviver, faremos da mesma forma, só que o agravante é que nenhum de nós irá permanecer erguido. E fim.

Não quero viver de novo pra ver a minha terra desta forma. Não quero relembrar aqueles que mutilaram-me na outra vida. Não quero ter que idolatrá-los como heróis. O homem não tece a teia, mas é a teia que tece o homem. Estão atingindo a teia. Estão atingindo a mim. Cuida de tua vida, pois ela é curta. faça com que a águia voe novamente.

(Inspirado, adaptado, reescrito e um tanto preservado da "Carta do chefe Seatle", e das músicas "Late Redemption" e "No Pain for The Dead".

É emocional.

É inegável que há muitas coisas que nos deixam emocionados. Pode ser um sorriso, e até um simples pingo de chuva. A emoção não é um elemento definido, daqueles que sabemos que acontece ''assim''. Estar ou ficar emocionado é espontâneo, não há uma regra estabelecida para tal. Não se pode medir forças ou encontrar no DNA um meio que faça com que todos saibam como senti-la.
Mesmo sendo tão misteriosa, a emoção está em cada um de nós. E interiormente, sabemos como encontrá-la.
Eu sinto que, finalmente achei o jeito de tocar a minha.
É segredo e não conto a ninguém. No momento certo, eu soube que havia encontrado o meu "ponto emocional", digamos assim. E chegada a hora, você também saberá o que toca a sua emoção.

Pode-se trocar a palavra 'emoção' por 'paixão', como desejar.

Egocentrismo constante, inalterável e inesgotável.

Muito longe de estar lendo livros de auto-ajuda, estou tentando encontrar o meu EU verdadeiro. Não foram suficientes as aulas de filosofia a mim prescritas, e tampouco os exercícios de olhar no espelho e repetir 70 vezes 'tudo o que você já sabe'. Assim, poderia descrever a situação como "um beco sem saída", mas como a única solução para todos estes inconvenientes está dentro de mim, posso melhor expressar-me afirmando que "à frente há uma bifurcação".
O certo é que há dias peguei-me lendo as primeiras sementes deste jardim, e impressionada fiquei depois de constatar que o que havia de primordial em todas aquelas plantações era meramente eu. Só eu.
Não que minha mente seja programada para pensar apenas em si, mas o fato é que desde que considero-me racional, sempre pensei em mim, e depois no seguinte. Sempre pensei no meu, e depois no do outro.
Na sociedade atual, alienada e mal-acostumada, isso seria uma ótima definição para um ser egoísta. Só que isso não acontece na minha grosseira visão, que enxerga tais atos como "amor próprio", ou egocentrismo. É certo que poucos entendem a minha concepção, mas se ler por entre as linhas, perceberá que, em partes, os seres racionais pensam primeiro neles. É tudo uma questão de lógica.
Mergulhando em situações rotineiras, há sempre uma tia que diz: "Se você não se amar, quem vai te amar?". E pra mim, isso está correto.
Não é egoísmo querer estar bem, mas é egoísmo ter e não compartilhar, querer que "o universo" seja apenas seu. Isso sim é egoísmo.
Sinceramente, egocentrismo é uma característica de pessoas (como eu) que estão cheias de discursos benfeitores e que precisam pensar mais em si. São pessoas que aparentam força, mas internamente são um poço de fragilidade.
De todo modo, isso não é ruim. É algo que temos para apreciar o que há de bom interiormente, e não para fazer com que o mundo externo veja que temos "os olhos maiores que a barriga".
Egocentrismo não é uma fase. Egocentrismo é natureza. Já que não se pode afirmar como são as almas que vivem rondando-nos, apenas fazemos a auto-gentileza de nos encontrarmos no interior dos pensamentos, longe de tudo o que é nos dado e prometido, apenas com o intuito de sermos alguém melhor. Assim como as aves.
A natureza humana.

Quando ele te encontrar.

Seres parasitários devoram sua mente.
Eles sabem o que querem e onde encontrar.
Eles sabem o que querem.
Não é ficção, não é conto de fadas.
É só a sua vida.
A vida que você leva deixando os ventos fluírem.
Veja o destino passando por você! Agarre-o!
Você não é bom o suficiente?
Você não consegue se controlar?
O que está feito não pode ser recuperado.
Meu amigo, sua vida acabou.
Não há mais volta, acredite!
É nisso que você tem que acreditar.
Agora sua alma está trancada a mim.
Eu sou seu dono, e você é meu.
Eu sou o seu dono.
Termine de viver e deixe que eu te levo.